Resenha #99: Lilac - Deise Müller

, em quarta-feira, 3 de outubro de 2012 ,
Bookmark and Share


Editora: Novo Século – Novos Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 392
Ano: 2012

Sinopse (Skoob):
Lilin, uma succubus ambiciosa, tenta aniquilar Lúcifer. E como punição, é enviada a Terra e destituída de seus poderes. Transformada em feiticeira, Lilin assume vários consortes e começa um plano para reinar sobre os seis clãs dos feiticeiros. Meg cresceu acreditando ter herdado habilidades mágicas de sua tataravó feiticeira. Abandonada ainda bebê pela mãe, seu pai tenta fazer com que ela e sua irmã se interessem pela arte oculta, porém a última coisa que uma adolescente quer é aprender feitiços com sangue de galinha e adagas afiadas. Entretanto, quando Lauren, sua irmã, é assaltada e baleada, e Lucas, seu ex-namorado, desaparece misteriosamente Meg se arrepende de não seguir os conselhos do pai. Meg retorna à cidade onde cresceu, para se afastar da dor do passado e da acusação nos olhos do pai. Seu passado, no entanto, não está disposto a deixá-la em paz. Craft, o suspeito inicial no desaparecimento de Lucas, acaba sendo o rei do clã Domovoi, o mais poderoso dos clãs, e sua única esperança de escapar de seu caçador, e da escuridão na qual seu coração se afundou. Mas quando sobreviver pode significar ser um receptáculo ambulante para um demônio que planeja destruir tudo o que você ama, e morrer significa destruir o coração daqueles que te amam, o que fazer? Um demônio banido… Uma linhagem condenada… E uma atração inevitável. O amor realmente supera tudo?


Megan perdeu sua irmã há pouco tempo e se culpa por não ter conseguido ajuda-la a tempo de salva-la, mas é seu aniversário e Jodie, sua prima, não vai deixa-la curtir a tristeza em casa. Elas vão para a Surrender, uma boate badalada onde o DJ, amigo de Megan, preparou uma setlist especial para ela.
Enquanto Jodie desaparece com algum cara qualquer, Megan conhece Craft e seus incríveis olhos prateados. A química é instantânea e as coisas simplesmente acontecem rápido demais entre eles.
Mas, como a vida de Megan não é fácil, no fim da noite Lucas, seu ex é sequestrado e para salva-lo, ela tem de trocar de lugar com ele. Por sorte ou destino, Craft percebe que algo não está bem e salva Megan depois de ela assumir o lugar de Lucas com os bandidos.
Depois disso, ele a leva para sua casa e lá Megan descobre que não é uma humana e sim uma feiticeira. Craft passa a ser seu rei e os perigos na vida dela são cada vez maiores. Porém, a felicidade também é maior a cada dia. Como? Descubram lendo Lilac.

Eu já disse para a Deise que detesto ela! ;D O volume dois da série/trilogia/não sei ainda está nos finalmentes, mas eu quero! Porque o final de Lilac é... Bem, só digo que isso não se faz! Hahaha
Por esse comentário, vocês já perceberam que adorei o livro, não é? Não?! Pois eu adorei! ^^ Até porque, a história tem que ser boa para acabar no meio de um problema e me deixar feliz mesmo assim. Que problema? Ah! Eu não vou contar e vocês vão ter que ler Lilac para saber.
Mas tem uma coisa! Esse livro é proibido para menores de dezoito anos! Pelo menos na minha classificação pessoal, pois há muitas cenas sensuais que eu adorei! e palavras de baixo calão e tal. Confesso que fui pega de surpresa por isso, pois a sinopse não me fez imaginar essas coisas, mas elas casaram tão bem com a história que não consigo imaginar diferente.
Então, meninas, vocês já sabem que há personagens totalmente periguetáveis no livro, como o Craft gostosão, o Delion cafajestinho fofo e o Dunstan sisudo gato. E rapazes, também tem personagens para agradar vocês, como a Megan e a Jodie.
Lilac tem muito romance, muita ação de todos os tipos se é que vocês me entendem e fantasia e é com essa salada que a história é instigante e coalhada de mistérios que vão se explicando no decorrer das páginas. Portanto, leiam e se deliciem com mais essa obra brazuca.

Nota: 4,7/5. (por alguns errinhos nos quais tropecei durante a leitura...)

Nenhum comentário :

Postar um comentário