#321: O Diário da Princesa – O Diário da Princesa I – Meg Cabot

, em segunda-feira, 11 de janeiro de 2016 ,
Bookmark and Share

Editora: Galera Record
Páginas: 288
Ano: 2002

Sinopse (Skoob):
Mia Thermopolis, uma garota nova-iorquina comum, descobre, de repente, ser a herdeira de um reino europeu. Ela vai, então, morar com seu pai, para aprender a agir como a verdadeira nobre que é. Mas sua avó, a velha princesa de Genovia, acha que ela tem muito a aprender antes de poder subir ao trono.


Um dos primeiros (se não o primeiro) livros que a Mila me emprestou foi Garoto encontra Garota, da mesma Meg Cabot. Agora fiquei responsável por ler a série Diário da Princesa e qual não foi a surpresa em saber! Eu simplesmente amo a forma que a Meg escreve com humor e linguagem simples, cotidiana.

Mia Thermopolis é nossa protagonista, vegetariana, maluquinha – o que torna a narrativa engraçadíssima – que tem seus problemas como “estar levando pau em Álgebra”, palavras dela, e sua mãe estar namorando o senhor G (Frank Gianini). Adora usar suas botas de combate, escrever no diário que ganhou de seu pai, mas que foi entregue pela mãe e fazer listas.
Sua melhor amiga Lilly Moscovitz, que ela descreve como “lembra um cão pug”, tem um programa de TV e um irmão (maravilhoso) inteligente e bonito, Michael. Elas têm aquela típica briga de adolescente com a best, que não é tão simples, porque Mia tem um segredo que é filha de Phillipe, o príncipe de Genovia.
O mesmo revela a ela durante um jantar que Mia, como única herdeira, terá que se preparar para assumir o trono de Genovia, um treino de como ser princesa. E a segunda notícia chocante que ela recebe é que o treino será dado por sua avó, Clarisse Marie Grimaldi Renaldo, a quem ela carinhosamente chama de Gradmère.
Mia aceita, recebendo 100 dólares por dia, que guarda por causa de seu sonho: trabalhar para o Green Peace, ou pelo menos ajudar. E por falar em sonhos, Mia é a apaixonada por Josh Richter, o garoto mais bonito, popular e inteligente – que só tem o terrível defeito de namorar Lana Weinberger, a líder de torcida patricinha mais popular. Eu amo o Michael Moscovitz, que diferente de Josh, tem uma personalidade mais amena, vamos assim dizer, só que ele parece ser meio nerd.
Enquanto a Princesa e Lilly estão brigadas, Mia conhece Tina Hakim Baba, a filha de um sheik árabe, ela vive acompanhada de seu guarda costas e não tem amigos. Por estar na mesma situação, sempre acompanhada de Lars a mando do príncipe Phillipe, elas ficam amigas e os guarda costas também. É quando a notícia se espalha de que Mia é na verdade Amelia Mignonette Thermopolis Grinaldi, pega pelos paparazzi enquanto saía de um restaurante. O que depois só se espalha com a reportagem de Carol Fernandez (tenso é descobrir quem deu a informação a ela).
Lana passa a falar com ela, sendo que antes a desprezava – chama Mia de “aberração” nas primeiras páginas, dá uma dó dela –, e Josh também! Ainda que Mia tenha feito Lana passar vergonha pelas palavras duras ditas a Tina, ela continua sendo legal e a convida para uma festa depois da Dança da Diversidade Cultural.

Gostei do livro, a Mia sempre manteve sua personalidade, não se envaideceu quando ficou bonita, sempre lembrou da best Lilly e o relacionamento com seus pais é bem típico de adolescente. É bem recomendado a quem está começando a ler e que curte comédia.

Nota: 5/5

Série O Diário da Princesa:
  1. O Diário da Princesa
  2. A Princesa Sob os Refletores
  3. A Princesa Apaixonada
  4. A Princesa à Espera
  5. A Princesa de Rosa Shocking
  6. A Princesa em Treinamento
  7. A Princesa na Balada
  8. Princesa no Limite
  9. Princesa Mia
  10. Princesa Para Sempre
  11. O Casamento da Princesa


Extras que saíram no Brasil:
Lições de Princesa
O Presente da Princesa


Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Janeiro. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário